Parabéns ao Pipi!

 

O carro eléctrico 373, também conhecido por Pipi, está de Parabéns.

Este carro, dos mais emblemáticos da colecção do Museu do Carro Eléctrico, faz neste mês de Novembro 60 anos.

O carro eléctrico 373 é o último veículo de uma série de carros desenhados e fabricados nas Oficinas Gerais do Serviço de Transportes Colectivos do Porto (STCP) entre 1947 e 1952.

Começando a circular a 3 de Novembro de 1952, este carro fazia composição com um atrelado do mesmo género. No entanto, o facto de ter sido perspectivado para circular de modo unidireccional, possuindo apenas um combinador na sua retaguarda para manobras de serviço e de emergência, condenou a sua operacionalidade na medida em que, só podia fazer serviço em linhas que tivessem uma “raquete terminal”. Esta, permitia que pudessem fazer o sentido inverso do percurso.

Este veículo possui o exterior decorado com as cores do serviço municipal, de carroçaria castanha, e apresenta apenas dois acessos do mesmo lado do carro, sendo as portas accionadas pelo guarda-freio através de uma alavanca, facto inovador para a época, assim como a introdução de uma cabine individual para o Guarda-freio.

Todo o seu espaço interior é amplo, uma vez que a caixa para passageiros e as plataformas são contínuas.

Com um formato exterior muito diferente dos outros carros eléctricos que circulavam na cidade do Porto nos finais da década de 1940, os carros desta série ficaram conhecidos pelo nome de “Pipis”, designação esta que era vulgarmente utilizada para referir pessoas elegantes.

O “Pipi” foi um dos últimos modelos a ser construído nas oficinas do Serviço de Transportes Colectivos do Porto, representando uma vontade de mudança do serviço, aderindo a uma nova estética de linhas mais modernas.

 

Características Técnicas:

Número de motores: 2

Origem, marca e modelo dos motores: E.U.A., General Electric (GE) 270

Tipo e potência dos motores: motor de série de corrente contínua de 55 HP

Tensão de alimentação dos motores: 550v (600v – max.) de corrente contínua

Marca e modelo dos combinadores (controllers): General Electric (GE) B54E

Chassis (truck): rígido

Fabricante dos chassis (truck): J.G. Brill, Cº

Distância entre eixos: 2,36 m

Bitola (largura) da linha: 1,435 m

Lotação (lugares sentados): 21

Comprimento total: 9,80 m

Largura máxima: 2,40 m

Altura (sem trólei): 3,22 m

Peso aprox.:11,500 Kgs

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Colecções do Museu. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s