A 19 de Fevereiro de 1910 …

A 19 de Fevereiro de 1910 é com pompa e circunstância que o carro eléctrico chegou a S. Mamede.

Antes, a ligação feita entre o Porto e S. Mamede era assegurada pelos carros Ripert, grandes vagões de madeira e ferro, também conhecido por char-à-banc.

A companhia que detinha estes dava pelo nome “Expresso Portuense de Carros Ripert” e começou a sua actividade em 1857. As viagens, intermináveis, desconfortáveis começavam e terminavam na Praça Carlos Alberto.
Num artigo do Jornal de Notícias de 25 de Fevereiro de 1910, o autor Campos Monteiro escreve que “… os passageiros abanavam, dançavam e se entrechocavam, ameaçando desconjuntar-se com a nave colossal que os conduzia …” e que a “… uma velocidade útil de vinte metros á hora decorria a temerosa, fatigante, a interminável jornada!”.

Raramente, portanto, os cocheiros conseguiam cumprir os horários, assim como eram comuns os cocheiros que usavam indevidamente os carris dos carros americanos, causando vários conflitos entre os proprietários dos dois meios de transporte distintos.

Foi, portanto, com grande alegria que a povoação de S. Mamede recebeu o Carro Eléctrico que, segundo o mesmo autor, no já referido artigo do JN, menciona que as ligações eram efectuadas de 20 em 20 minutos entre as 5:37 e a 1:07 da manhã. Um avanço significativo na qualidade de vida dos locais.

Nesse dia 19 de Fevereiro de 1910, Campos Monteiro declama uma elegia em honra do Ripert que terminava do seguinte modo, resumindo assim os sentimentos dos habitantes desta localidade:

“Adeus, amigo, adeus! Que essa fogueira

Te consuma a madeira carcomida.

…Cinco horas!… Vais arder, nave agoirenta!
Enfim, foste uma vez pontual na vida

-Cumpres o horário pela vez primeira…”

Passados assim 102 anos, celebra-se a inauguração da linha 3 de carro eléctrico para S. Mamede. Linha que mais tarde, em 1945, ficou conhecida como a 7/ que ia da praça da liberdade até ao coração dessa localidade.

Se é de S. Mamede, ou usava o carro eléctrico para lá ir, envie-nos as suas histórias.

Esta entrada foi publicada em geral. ligação permanente.

2 respostas a A 19 de Fevereiro de 1910 …

  1. csrdias diz:

    Caros leitores atentos, temos recebido alguns comentários que mostram o interesse em enriquecer a informação que aqui foi publicada. Assim, resolvemos fazer um apanhado dessas informações para partilharmos convosco.

    A 19 de Fevereiro de 1910 foi inaugurada a linha para S. Mamede e a designação aqui utilizada como linha 3, deve-se ao facto desta linha se fazer ao longo da Estrada Nacional 3.
    A linha 7, como ficou conhecida a linha para S. Mamede, só surge com a numeração atribuida pela Companhia Carris de Ferro do Porto, em 1912, e dependendo dos trajectos ou términos, desdobrava-se em linha 7/ ou 7//.

    Recebemos também algumas histórias a bordo dos carros que circularam nesta linha e deliciamo-nos com elas.
    Muito Obrigada e continuem atentos e a participar.

  2. David Moreira diz:

    Memorável, a rede do eléctrico já foi deveras colossal e era útil, não merecia o fim que lhe deram, óbviamente que não havia necessidade de toda a rede, mas foi uma enorme ASNEIRA acabar com os eléctricos e os tróleis…( totalmente, ainda por cima), quando são (ainda hoje ) uma alternativa forte à dependência do petróleo… às vezes a visão turva-se…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s